Afinal o graúdo lá venceu o miúdo…

A idade a separá-los justifica o título, e apesar de eu ter dado como prognóstico a vitória do Benfica por 3-1, a verdade é que em termos de números falhei, mas a vitória caiu para o lado benfiquista. Com Jorge Jesus desta vez a dar uma lição ao Vilas Boas, parece que aprendeu a lição e desta vez não inventou, ou melhor inventou mas a invenção correu-lhe lindamente. Sem o David Luiz foi Sidnei que já antes tinha jogado com o patrão da defesa, daí ser a escolha mais acertada e menos arriscada de Jesus. E Sidnei esteve à altura. Até estranhamente, digamos, Cesar Peixoto passou de patinho feio, momentaneamente a cisne, tendo sido crucial no jogo táctico do Benfica. Quem também esteve em clara evidência para além de Luisão, foi Javi Garcia, que por ser Espanhol poderia ter mais dificuldade em conquistar os portugueses, mas a verdade é que o seu talento nunca foi colado em jogo, e mais uma vez foi gigante no dragão. Outro que merece destaque é Coentrão que apesar da expulsão, algo rigorosa demais, fez um excelente jogo. É pena este Benfica só ter acordado já a meio do campeonato.

Anúncios

Benfica também faz greve…

E foi mesmo na terra de Jesus que este acabou por se despedir da liga milionária e acaba de dizer adeus também aos milhões que daí poderiam surgir. O Benfica até nem entrou mal, muito rematador, mas isso só não basta, no final o que conta são as bolas que passam a linha de golo e não o número de tentativas para o conseguir. E foi isso que se passou em campo, um Benfica muito rematador, com inúmeros cantos, mas sem grandes oportunidades claras de golos e mesmo as que teve não as conseguiu aproveitar. O Hapoel nunca perdeu a esperança de marcar e nunca perdeu o sentido da baliza, muito em contra-ataque, mas a verdade é que a sua eficácia marcou o partido. Das únicas ocasiões que tiveram conseguiram bater Roberto e ganhar um jogo com uma expressão em termos de números superior ao que se viu no relvado. Mas um Benfica cabisbaixo sem ânimo para dar volta a um resultado adverso, com um banco sem saber muito bem o que fazer, quem colocar culminou nisso, numa derrota por 3-0. Agora que resta Benfas? O campeonato? Será mesmo que esse ainda é atingível? A taça? Será que estaremos suficientemente animados para derrotar o Braga? Veremos, a verdade é que o Benfica neste ano está a anos-luz do Benfica da época passada, não só em números, como em exibição e garra demonstrada dentro das quatro linhas. Veremos o que o futuro reserva ao Benfica e ao Jesus. Pelo menos o cardozo regressou, pode ser que com ele regressem os golos e as vitórias contudentes.

Descubra quem é…

Um veste de vermelho, o outro já vestiu mas actualmente veste de verde. Ambos são experientes, mas cometem erros infantis. O vermelho passou a ser a cor predominante nas noticias relacionadas com os dois. A diferença de idade entre os dois é de 3 anos, mas parece que em termos de maturidade isso por vezes não quer dizer nada. Já sabem de quem falo, não será dificil descubram clicando.

Ler mais deste artigo

Rescaldo Porto – Benfica

E se o Benfica o ano passado era o rei das goleadas, mal os benfiquistas sonhavam que este ano o feitiço iria virar-se contra o feiticeiro. E os números dizem tudo 5-0. Jesus tentou inventar, e a invenção saiu caro ao Benfica. Nunca fui adepta da marcação directa a um jogador por muito importante que seja, ainda para mais quando isso implica alterar o esquema que a equipa habitualmente joga, colocar um jogador fora do seu lugar habitual e um jogador sem ritmo, não me pareceu a ideia mais inteligente. Ainda para mais a jogar frente à equipa que neste momento melhor futebol pratica, e tem o melhor ataque não só em termos de números mas em termos de qualidade. E o resultado foi o que se viu, o Benfica saiu do estádio do dragão a 10 pontos do líder e com uma derrota pesadíssima nos ombros. O Porto mereceu ganhar, foi uma equipa coesa defensivamente e a atacar, uma equipa com pés membros e tronco e com um cérebro que soube dar uma a lição Jesus, pode ser que para a próxima este não decida inventar, que ele de inventor tem pouco.

Jesus – é inacreditável como é que perante o adversário como o Porto, Jesus decide colocar David Luiz a defesa lateral, Sidney a central e Coentrão a médio. Quando se inventar muito normalmente dá barraca e foi isso que aconteceu, Jesus levou uma lição de André Vilas Boas e para além da má imagem que o Benfica deixou o campeonato ver-se apenas por um canudo. Ler mais deste artigo

A águia está na moda

Depois de o Benfica ter decidido utilizar a águia vitória como simbolo do clube em todos os jogos no estádio da luz, desta feita é a vez da Lazio fazer a mesma coisa e nada mais nada menos que com outra águia de Juan Barnabé. Foi neste último encontro que a águia demonstrou os seus dotes perante os adeptos da Lazio admirados. A verdade é que o resultado final não foi o esperado, mas tendo em conta o adversário até podem ficar contentes. A Lazio empatou 1-1 com o Ac Milan. E aqui está o Benfica a marcar a montra do futebol europeu…afinal nós fomos os pioneiros.Para quem não sabe e ainda não teve o privilégio de ver a águia vitória desce antes de todos os jogos na catedral de modo a pousar no simbolo do clube. É um momento muito querido de todos os adeptos benfiquistas, e sempre que é presenciado por jogadores estrangeiros é com muita admiração que visualizam o bonito voo da águia. Ler mais deste artigo

Reyes a caminho da luz???

O Reyes sonha voltar e eu acho que posso falar em nome da maioria dos benfiquistas que esse regresso seria bem visto pelos benfiquistas. A saída de Di Maria para o Real Madrid veio colocar à vista as debilidades do Benfica em fazer o jogo pelas alas e a falta de alternativas neste inicio de campeonato. A vinda de Reyes em Janeiro poderia ser uma boa solução, já conhece  parte da equipa, já conhece a cidade, o clube e estou certa que seria recebido de braços abertos, quer por companheiros e treinador quer pelos adeptos. Mas já se falou nesse possibilidade num passado recente e isso acabou por não se concretizar apesar da especulação Reyes acabou mesmo por ficar no Altético de Madrid, onde inclusivé conseguiu ganhar a Liga Europa. Por isso benfiquistas não sonhem muito alto que depois a queda é maior. E para além de um bom futebol estou certo que as meninas iriam gostar mais de visualizar os jogos do benfica.

Antevisão Benfica – Sporting

Benfica

Roberto – começou o campeonato da pior maneira dando frangos e deixando nos adeptos uma dúvida permanente. No jogo com o Setúbal conseguiu defender um penalti depois de começar no banco, e a partir daí tem-se mantido num nível mediano. O seu fraco são as saídas quer seja em canto quer seja em cruzamentos.

Pontos fracos: Baliza, roberto parece melhor mas num derby o ambiente envolvente é diferente e um tropeçar cedo pode ditar o futuro no resto do jogo

Alas: neste momento o Benfica não tem grandes jogadores para fazer as aulas, a saída de Di Maria veio enfraquecer esta zona do campo. Ler mais deste artigo